P. ANTONIO CORDEIRO, Jesuita, natural da cidade de Angra, capital da ilha Terceira, onde nasceu em 1641. Depois de cursar na Univ. de Coimbra a faculdade de Canones, em que todavia não consta se formasse, leu por alguns annos Theologia Escolastica e Moral, e bem assim Philosophia, Rhetorica etc., escrevendo em latim alguns tractados d’estas disciplinas, cujos titulos podem ver‑se na Bibl. Lusit. – M. no collegio de Sancto Antão de Lisboa a 2 de Fevereiro de 1722 com 82 annos. – E. em portuguez:

546) (C) Historia Insulana das Ilhas a Portugal sujeitas no Oceano occidental. Lisboa, por Antonio Pedroso Galrão 1717. fol. de XVI‑528 pag.

Esta obra é pouco vulgar, posto que a meu ver não mereça a qualificação de rara que se lhe attribue no Catalogo da Livraria de Lord Stuart, ja citado, sob n.° 4024. A Bibl. Nacional de Lisboa possue um magnifico e bem conservado exemplar em papel excellente de grande formato. É estimada dos estrangeiros, e Brunet no seu Manual accusa tres exemplares, vendidos em diversas occasiões pelas quantias de 15 fr. 50 cent., 72 fr., e 29 fr. 50 cent. Em Lisboa tem corrido por preços mais inferiores, nunca excedentes a 2:400 réis, e descendo ás vezes até 1:440. O meu exemplar (é certo que defeituoso por aparado em demasia, e com algumas notas de penna lançadas nas margens, etc.) custou‑me 960 réis.

Nas ilhas dos Açores fez‑se d’ella grande caso, em razão de tractar amplamente das genealogias das principaes familias d’aquelle archipelago; ainda que n’esta parte não deva merecer muito credito, segundo a opinião dos mais competentes: notando‑se no auctor alguma parcialidade, e ter por vezes descuidadamente ou de proposito adulterado o que achara escripto nas Saudades da Terra, livro inedito do Doutor Gaspar Fructuoso, do qual extrahiu boa parte das noticias com que compoz a sua historia.

547) (C) Resoluções Theo‑juristicas. Tomo I, que contém as partes e materias principaes, 1.ª da emphiteuse. 2.ª de censos. 3.ª de testamentos. 4.ª de doações. 5.ª de morgados. 6.ª de varios contractos. Lisboa, por Antonio Pedroso Galrão 1718. fol. de VIII‑609 pag. – É entre as obras do auctor a menos estimada e procurada. Seu preço não tem excedido de 600 a 720 réis, e sei de alguns exemplares comprados por menos.

548) (C) Loreto Lusitano, Virgem Senhora da Lapa, residencia milagrosa do Real Collegio de Coimbra da Companhia de Jesus. Lisboa, por Filippe de Sousa Villela 1719. fol. de XV1‑298 pag. – De mistura com algumas noticias reconhecidamente fabulosas, e opiniões improvaveis, tracta muitos pontos curiosos, e pode ser consultado com proveito pelos que desejam conhecer os nossos costumes e antigualhas. Não é vulgar, e o seu preço tem sido de 800 a 960 réis, e até 1:200.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]