Fr. GABRIEL DE IESU natural da Cidade de Leyria, e Monge Cisterciense cujo instituto professou no celebre Convento de Alcobaça cabeça desta Congregaçaõ a 22. de Abril de 1676. observando com tanta exaçaõ os seus preceitos que no largo espaço de trinta, e dous annos naõ sahio do Convento, e nunca faltou a huma hora do Coro. Foy destrissimo tangedor de Orga e Arpa, e naõ menos insigne em o Contraponto deixando muitas obras Musicas dignas da luz publica, merecendo entre ellas a primazia.

Quinze motetes para as quinze Estaçoens da Via-Sacra com as letras da Escritura Sagrada competentes a cada Estaçaõ. He obra summamente devota a qual se custuma cantar no Convento Real de Alcobaça.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]