Fr. FRANCISCO DE CARVALHO natural do Conselho de Lanhoso distante duas legoas para o Norte da augusta Cidade de Braga em a Provincia de Entre Douro, e Minho, e filho de Antonio Antunes, e Antonia de Carvalho. Deixando a Patria professou o Instituto de Eremita de Santo Agostinho no Convento desta Corte a 17. de Abril de 1658. onde por muitos annos dictou as principaes materias da Theologia Escholastica dignas da luz publica assim pella profundidade da especulaçaõ como pellos solidos fundamentos extrahidos das Escrituras, e Santos Padres em que estabelecia as suas opinioens sendo as principaes

De Deo uno, & Trino.

De Praedestinatione.

De Incarnatione.

De Paenitentia.

De Sponsalibus.

Todas se conservaõ M. S. na Livraria do Convento da Graça desta Corte, onde morreo a 25. de Mayo de 1703.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]