O significado das coisas, de Álvaro Manuel Machado, e Arder a palavra e outros incêndios, de Ana Luísa Amaral, são os vencedores ex-aequo.

​O júri foi constituído por Cristina Robalo Cordeiro, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, Maria João Reynaud, professora da Faculdade de Letras da Universidade do Porto, e Paula Morão, professora catedrática da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa.

O Prémio Jacinto do Prado Coelho é atribuído pela Associação Portuguesa dos Críticos Literários e tem o apoio da Direção-Geral do Livro, dos Arquivos e das Bibliotecas.

A entrega dos Prémios está agendada para o dia 12 de Dezembro, às 17:30, na Torre do Tombo.