Fr. MANOEL DAS CHAGAS chamado no seculo Manoel de Brum da Silveira, e naõ Manoel de Abreu como por errada informaçaõ escreve o Licenciado Jorge Cardozo Agiol. Lusit. Tom. 1. pag. 420. col. 2. Naceo em a Cidade da Ponte Delgada Cabeça da Ilha de S. Miguel sendo seus illustres Progenitores Antonio de Brum da Silveira, e Maria de Frias Pimentel. Deixada a patria passou a Lisboa onde depois de conhecer a vaidade mundana renunciou com heroico dezengano o opulento morgado da sua Casa vestindo o austero habito da reformada Provincia da Arrabida em o Convento de S. Jozé de riba mar, e professou solemnemente em as maõs do V. Fr. Agostinho da Cruz Guardiaõ do dito Convento a 18. de Abril de 1604. Foy excellente Latino, grande Humanista, insigne Theologo, e Prégador, e muito Versado na liçaõ da Historia. Observou com rigida exaçaõ os preceitos do seu Instituto sendo com excesso penitente, e mortificado. Governou com prudencia os Conventos de Palhaes, Obidos e Arrabida Cabeça da Provincia onde foy Secretario, e Difinidor. Cheyo mais de merecimentos que de annos pois naõ excediaõ de 62. falleceo piamente no Hospicio do Hospital de Lisboa a 12. De Fevereiro de 1637. Jaz sepultado no Convento de S. Francisco da Cidade. Delle fazem mais distinta memoria Cardozo Agiol. Lusit. Tom. 1. p. 417. e no Comment. de 12. de Fevereiro letr. I. e Fr. Jozé de Jesus Maria Chron. da Prov. de Santa Maria da Arrabida. Part. 2. liv. 1, cap. 16. Da sua pia, douta, e sagrada erudiçaõ deixou os seguintes partos dignos da luz publica.

Ardores, movimentos, e affectos espiritiuaes da vontade com que a alma santa da Escritura Sagrada fallava com Deos seu Espozo ensinados por David em o Psalmo 118. com os quaes fallando com Deos buscava na Ley sua divina vontade para em tudo a cumprir com amor. 4.

Discursos espirituaes sobre a letra do 3. Capitolo dos Cantares 2. Tom. O primeiro comprehende o 5. e 6. Capitulo delles a saber desde o verso Ego dormio de 5. Capitulo até o penultimo do 6. Descendi in hortum, e até a derradeira palavra do 8. Capitulo que diz Super montes aromatum. O 2. desapareceo. Ambos conservava Cosme Ferreira de Brum primo do author de quem ja se fez mençaõ em seu lugar.

Da verdade, excellencia, e grandeza do Sacro, e augustissimo Sacrificio do Altar. Consta de nove Sermoens.

Sermoens sobre os dous Sacro-sanctos frutos que Christo Senhor nosso de seu Corpo, e sangue fez, hum suficientissimo em o Monte Calvario no Altar da Cruz ao Padre Eterno para nossa Redempçaõ; outro eficacissimo em a Cea debaixo das especies de paõ, e vinho assim por Christo ordenado para por aquelle se nos aplicar com suficiencia a eficacia delle, e por este com eficacia participarmos os frutos e redempçaõ sufficientissima daquelle. 2. Tom.

Vida de Santa Brigida de Suecia Viuva revelaçoens que teve de Deos; da authoridade das suas Revelaçoens que tiveraõ diante dos Papas, que as aprováraõ. He obra muito douta, e pia, e com a sua liçaõ reformaraõ as Vidas diversas pessoas. Mandou tresladar este livro com todo o primor illuminado em muitas partes Jeronimo de Mello Coutinho, e o ofereceo á Serenissima Rainha D. Luiza Francisca de Gusmaõ. O original conservava sua mulher D. Maria de Noronha, e emprestando-o á Marqueza de Aguiar delle colheu por fruto recolherse religiosa no Convento do Sacramento da Ordem de S. Domingos.

Conceitos humanos, e sucessos de Principes, e Varoens notaveis. 4.

Breve Summa da Historia dos Godos. O original tinha em seu poder Cosme Ferreira Brum primo do author.

Tractatus de Potestate Pontificis. 4.

Tratado dos Mysterios da Paixaõ de Christo. O Chronista da Provincia da Arrabida assima allegado affirma, que se imprimira.

Annotaçoens Summarias sobre o que o doutissimo Padre Marcos Jorge escreveo da Comunhaõ divididas em 8. Partes. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]