Fr. MANOEL DA CRUZ natural de Coimbra sendo filho de Pedro Godinho da Nobrega, e Maria Jorge da Silva de igual nobreza á de seu consorte. Na idade da adolescencia professou o instituto da illustrissima Ordem dos Prégadores em o Convento de Azeitaõ a 7. de Março de 1598. Instruio aos seus domesticos com as sciencias severas até jubilar na Faculdade Theologica. Como era ornado de summa prudencia foy eleito Vigario Geral da Congregaçaõ da India cujo lugar administrou com tal rectidaõ que ocupou o de Deputado da Inquisiçaõ de Goa provido em 7. de Março de 1635. e o foy tambem das Ordens Militares na segunda instancia. Delle fazem memoria Nicol. Ant. Bib. Hisp. Tom. 2. p. 522. col. 1. Echard Script. Ord. Praed. Tom. 2. p. 306. col. 1. Fr. Pedro Monteiro Claustr. Dom. Tom. 3. p. 272. e o addicionador da Bib. Orient. de Antonio de Leaõ Tom. 1. Tit. 4. col. 80. Compoz

Falla no acto solemne em que o Conde Joaõ da Silva Tello, e Menezes Vicerey, e Capitaõ General do Estado da India depois de ter aclamado, e jurado o Serenissimo Rey Senhor nosso D. Joaõ o IV. jurou o Principe D. Theodozio seu primogenito, e herdeiro a 20. de Outubro de 1641. Goa em Dezembro de 1641. e Lisboa por Lourenço de Anvers 1642. 4.

Das Christandades do Oriente. M. S. Desta obra faz mençaõ como de seu author o Licenciado Jorge Cardozo Agiol. Lusit. Tom. 3. p. 573. col. 1. No Comment. de 6. de Junho, e todos os Escritores que delle fallaraõ.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]