ALVARO DE MATTOS, que segundo diz Barbosa, exerceu a profissão de Livreiro, e foi natural da cidade d’Elvas, sem que todavia constem as datas do seu nascimento e morte. – E.

261) (C) Casado Venturoso, e Pastora pretendida, comedia. Lisboa, por Antonio Alvares 1636. 4.º.

Declaro que apesar das minhas diligencias não poude até agora encontrar esta comedia, rara como o são em geral todos os opusculos impressos em Portugal durante a primeira metade do seculo XVII e ainda depois. Barbosa diz que seu auctor compozera muitas outras, mas que sómente d’esta houvera noticia como impressa, o que dá a entender que as demais o não foram.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]