Apresentação

O sistema hidráulico é um subsistema arquitetónico que só pode ser compreendido atendendo à constituição dual da sua estrutura: a que se situa ao nível do solo, referente à água potável (subsistema hidráulico inferior); e a que concerne às águas pluviais (subsistema hidráulico superior).

Ambos implicam aspetos de importância capital para o funcionamento de qualquer edifício: captação, distribuição e evacuação das águas.

Na última década foram realizados trabalhos de investigação sobre a componente hidráulica da arquitetura histórica monumental, religiosa e civil, considerando as questões técnicas e as de caráter artístico, não só em Portugal, como também na Europa.

Reconhecendo a importância destas novas pesquisas, foi criado o Gabinete de História, Arte e Cultura da Água, integrado no CLEPUL – Centro de Literaturas e Culturas Lusófonas e Europeias da Universidade de Lisboa.

Este Gabinete tem como principal objetivo promover estudos e atividades de extensão dedicados à hidráulica na arquitetura histórica. Neste sentido, o Mosteiro da Batalha foi recentemente alvo de uma investigação inovadora que compreendeu o levantamento fotográfico e de dados concernentes a cada uma das suas  gárgulas, atendendo, entre outros fatores, às dimensões construtivas e iconográficas.

A informação recolhida permitiu produzir um corpus das gárgulas do edifício, que se oferece como matéria para a realização de novos planos de intervenção, conservação e musealização do monumento.

 

Call for Papers

Convidam-se todos os investigadores que tenham desenvolvido estudos no âmbito da hidráulica, ou específicamente sobre gárgulas, a apresentar propostas de comunicações nas áreas disciplinares da História da Arte, História da Arquitetura, História e Teoria do Restauro e da Conservação, Iconografia e Iconologia.

As propostas, compostas por resumo da comunicação (cerca de 400 palavras) e uma súmula curricular (cerca de 200 palavras,) devem ser enviadas para: congressobatalha@gmail.com

O prazo para a submissão de propostas de comunicações termina a 30 de novembro de 2018.

 

Comissão organizadora:

Joana Balsa de Pinho, Universidade de Lisboa

Joaquim Ruivo, Mosteiro da Batalha

Madalena Costa Lima, Universidade de Lisboa

Patrícia Alho, Universidade de Lisboa

Patrícia Monteiro, Universidade de Lisboa

 

Comissão científica:

Ana Duarte Rodrigues, Universidade de Lisboa

Catarina Barreira, Universidade Nova de Lisboa

Clara Moura Soares, Universidade de Lisboa

Dolores Herrero, Universidad Complutense de Madrid

Fernando Grilo, Universidade de Lisboa

Joana Balsa de Pinho, Universidade de Lisboa

José Luis Munuera, Universidad de Sevilla

Marjolaine Carles, Université des Antilles

Patrícia Alho, Universidade de Lisboa

Patrícia Monteiro, Universidade de Lisboa

Saúl Gomes, Universidade de Coimbra

Vitor Serrão, Universidade de Lisboa

 

Instituições promotoras:

Gabinete de História, Arte e Cultura da Água

CLEPUL – Univesidade de Lisboa

Mosteiro da Batalha

Direcção-Geral do Património Cultural

 

Instituições colaboradoras:

ARTIS – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

CEPAE – Centro de Património da Extremadura

CLEPUL – Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa

Imaginare – Estudos de Arte e Património em Portugal na época Moderna, CLEPUL

Instituto Europeu de Ciências da Cultura Padre Manuel Antunes

 

Para mais informações consulte https://congressobatalha.wixsite.com/home