ALBERTO CARLOS DE MENEZES, Bacharel formado em Leis pela Univ. de Coimbra, Desembargador da Relação do Porto, Superintendente geral d’Agricultura, etc., etc. – Não ha sido possivel apurar até agora as demais circumstancias pessoaes que lhe dizem respeito, constando‑me apenas que falecera em Lisboa, depois de 1837. – E.

128) Practica dos Juizos Divisorios, ou formulario dos inventarios, partilhas, contas, marcações, tombos, e outros processos summarios etc. Tomo I. Lisboa, na Imp. Reg. 1819. 4.o de 207 pag. – Foi reimpressa duas vezes em vida de seu auctor, e sahiu posthuma a quarta edição com o titulo seguinte: Practica dos inventarios, partilhas e contas: Primeira parte dos Juizos Divisorios, com um supplemento das mudanças que têem occorrido pela Legislação actual. Lisboa 1849. 4.o

129) Practica dos Tombos, e segunda parte annexa aos Juizos Divisorios, que contêm medições, marcações de bens da Corôa, morgados, etc. – Segunda Edição. Lisboa 1843. 4.º A primeira edição tinha sahido com o seguinte titulo: Practica dos Tombos e medições, marcações dos bens da Corôa, Fazenda Real, bens das Ordens Militares, ou Commendas, Morgados, Capellas, etc., etc., etc. Tomo II. Lisboa, na Imp. Reg. 1819. 4.o de XXVII‑392 pag.

130) Ao Soberano Congresso das Côrtes offerece o prospecto do Codigo Civil para entrar no concurso dos compiladores, o Desembargador Alberto Carlos de Menezes. Lisboa, na Typ. Maigrense 1822. 4.o de 14 pag. – Ahi mesmo a pag. 4 vem a designação de varios projectos e opusculos que o auctor apresentara ao Congresso, versando sobre melhoramentos de agricultura, reforma das leis agrarias, divisão civil do territorio, etc.

131) Plano de reforma de Foraes e Direitos banaes, fundado em um novo systema emphiteutico nos bens da Corôa de corporações, e de outros senhorios singulares. Lisboa, na Imp. Reg. 1825. 4.o de XXXV‑384 pag.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]