MANOEL MOGO DE MELLO, natural de Torres-Novas, filho de Joaõ de Mello Mogo, e de sua mulher D. Isabel Froes de Brito. Entre as artes que cultivou se distinguio na sciencia da Arithmetica de tal sorte, que vindo a sua casa o Thesoureiro mór do Algarve Jozé de Moura Bravo, que nesta era monstruoso, e propondo-lhe tres contas para o experimentar, promptamente as fez, e dando-lhe o Mogo huma, consumio em a fazer toda a noute o Bravo. Teve taõ feliz memoria que repetia sem equivocaçaõ os nomes de todos os nossos Monarchas, e seus filhos com seus nacimentos, e mortes, como tambem todos os Vice-Reys, e Governadores da India. Foy casado com D. Ignez de Castanheda e Brito filha de Antonio Correa de Carvalho, e de sua segunda mulher Maria Anna da Ascençaõ. Falleceo a 22. De Julho de 1705. com 68. annos, e dous mezes de idade. Compoz

Methodo fàcil, e breve para se fazerem todas as contas pelos Arithmeticos. 4. M. S. Era mais abbreviado, que os que fizeraõ Gaspar Nicolas, e Joaõ Rodrigues de Moya nas suas Artes, e Gaspar Cardoso de Siqueira no Thesouro de Prudentes.

Tratado de Synonimos, e Epictetos. 4. M. S. Escrito por ordem Alfabetica.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]