MANOEL RANGEL, cuja patria se ignora. Depois de ter naufragado em a Nao Conceiçaõ a 22 de Agosto de 1555 aportou em Cochim em o mez de Janeiro de 1557, e como fosse testemunha ocular de sucesso taõ lastimoso o deixou escrito em estylo sincero, e se publicou com o seguinte titulo.

Relaçaõ do naufragio da Nao Conceiçaõ, de que era Capitaõ Francisco Nobre a qual se perdeo nos baixos de Pero de Banhos aos 22 dias do mez de Agosto de 1555. Sahio na Historia Tragico-maritima compilada por Bernardo Gomes de Brito Tom. 1. a pag. 171. até 218.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]