FR. AFFONSO DE MONROY, natural de Lisboa, e filho de Pedro Vaz de Sequeira, e Monroy fidalgo Cavalleiro da Casa Real, e de D. Catharina da Torre augmentou a nobreza do nascimento professando o religioso habito da ilustre Ordem da Santissima Trindade; onde pelo talento, que manifestou nos Pulpitos, foy eleyto Prégador Geral da Ordem, e pela prudencia, de que era ornado, Procurador Geral, e Difinidor da sua Provincia. Applicouse com summa curiosidade ao estudo das Ceremonias Ecclesiasticas, em que sahio taõ doutamente instruído, que era consultado nas mayores duvidas pertencentes à celebração dos Offecios Divinos. Morreo no Convento de Lisboa a 24 de Abril de 1701 onde por ser nelle muitos anos Sacristão mór. Compoz: Ceremonial Eucharistico. Lisboa por Valentim da Costa Deslandes, 1706, 8.

 

[Bibliotheca Lusitana, Historica, Critica e Chronologica, vol. 1]