MANOEL SOARES DE SIQUEIRA, natural da Cidade de Coimbra, onde estudou Direito Cesareo em que sahio egregiamente instruido, sendo muito mais na Arte da Poezia para a qual o inclinava o genio imitando ao Principe de taõ divina Arte o grande Camoens com taõ fiel enthusiasmo, que se equivocava a copia com o Original. Falleceo em Lisboa a 15 de Outubro de 1737. Da sua veya poetica deixou o seguinte testemunho, que declara a elevaçaõ do seu juizo.

Franceliza, ou Egloga á morte da Serenissima Senhora D. Francisca Infanta de Portugal. Lisboa, por Miguel Rodrigues. 1736. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]