Sor MARIA MAGDALENA DE JESUS, irmãa dos Condes da Ericeira D. Fernando, e D. Luiz de Menezes, chamada no seculo D. Maria de Castro naceo em Lisboa a 7 de Setembro de 1618 para immortal gloria de seus esclarecidos Progenitores D. Henrique de Menezes IV. Senhor da Casa de Louriçal, Comendador de S. Christina de Serzedelo na Ordem de Christo, e D. Margarida de Lima, filha de Joaõ Gonçalves de Attaide IV. Conde de Attouguia, e de D. Maria de Castro. Ornada de entendimento perspicaz, com que comprehendeo as Artes liberaes, e de rara fermosura com que dominava os coraçoens, foy admitida a Dama da Rainha D. Luiza Francisca de Gusmaõ; porém movida de celestial impulso preferio os rigores do Claustro do Convento da Madre de Deos situado fóra dos muros de Lisboa ás delicias do Paço, para onde ocultamente se retirou no anno de 1642, quando contava 24 annos de idade, de cuja heroica resoluçaõ fez participante por huma carta a sua Mãy. Neste sagrado domicilio praticou taes virtudes que foraõ remuneradas com celestiaes favores. Nos lugares de Mestra de Noviças, Vigaria, e Abbadessa em que tres vezes foy eleita, experimentaraõ as subditas amor maternal. Falleceo a 18 de Março de 1701 com 84 annos de idade, e 59 de Religiaõ. Do seu nome fazem honorifica memoria o Licenciado Jorge Cardoso Agiol. Lusit. Tom. 3. p. 764. no Comment. de 20. de Junho letr. G. Godinho Vid. do V. Fr. Ant. das Chag. liv. 2. cap. 14. Franc. de S. Maria Diar. Portug. p. 332. Froes Theatr. Heroin. Tom. 2. p. 223. Fr. Joan. a D. Ant. Bib. Franc. Tom. 2. p. 326. col. 1. e Fr. Jeron. de Belem Chron. da Prov. dos Algarv. Introd. p. 264. Compoz com igual erudiçaõ, que piedade.

Comentarios Mysticos, sobre os Psalmos de David, e Canticos de Salamaõ. M. S.

Solliloquios amorosos para antes, e depois da Communhaõ. 4. M. S.

Vidas de algumas Religiosas insignes em virtude, que floreceraõ no Convento da Madre de Deos. 4. 2. Tom. Esta obra foy escrita por ordem do Geral.

Cartas Familiares, e espirituaes aos Condes da Ericeira seus irmãos, e a seu sobrinho o Conde D. Francisco Xavier de Menezes. 4. 2. Tom.

Cartas espirituaes. 4.

Meditaçoens sobre as Antifonas que principiaõ por O precedentes ao Nacimento de Christo Senhor nosso.

Preparaçaõ para se receber o Santissimo Sacramento em dia da Expectaçaõ de nossa Senhora. A mayor parte destas obras estaõ promptas para a impressaõ, e muitas dellas se conservaõ na Bibliotheca do Excellentissimo Marquez do Louriçal.

Carta escrita a 17 de Fevereiro de 1642, em que se despede de sua Mãy, quando se retirou para o Convento. Existe na Livraria do Excellentissimo Duque de Lafoens, que foy do Eminentissimo Cardeal de Sousa.

Vida de Fr. Christovaõ da Trindade Franciscano, Confessor das Religiosas do Convento da Madre de Deos. Desta obra, como produçaõ da sua penna faz mençaõ Jorge Cardoso no lugar acima allegado.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]