MARCOS CORREA LEITAM DE BRITO, natural da Villa de Santarem, onde teve por Pays Valentim Correa Leitaõ, e Catherina de Mattos. Foy Freire Conventual em o Convento de S. Bento de Aviz, cuja militar Ordem professou a 22 de Julho de 1651, sendo D. Prior mór Fr. Bento Pereira de Mello. Entre outros empregos que teve foy Sancristaõ mór do dito Convento. Como era dotado de grande capacidade, e profundamente versado em hum, e outro Direito passou á Curia Romana com o lugar de Procurador da sua Ordem para requerer na causa dos Beneficios da Igreja de Coruche. Falleceo em idade de 70 annos. Teve particular genio para a Poezia comica, compondo muitas Loas, e Comedias das quaes mereceo mayor aplauso.

Comedia de S. Basilio. Nella era lacayo hum Negro, que fallava com toda a propriedade a sua lingoa.

Historia de N. S. do Monserrate. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]