P. MIGUEL CARVALHO, natural da Cidade de Braga, e filho de Gonçalo Carvalho, e Catherina Dias. Estudou os rudimentos grammaticaes no Collegio patrio dos Padres Jesuitas, cujo instituto abraçou em o Noviciado de Coimbra a 30 de Agosto de 1597, quando contava 17 annos de idade. Ao tempo que ouvia Filosofia, inflamado no zelo da salvaçaõ das almas partio no anno de 1602 para a India com aquelle grande esquadraõ de Missionarios de que era Capitaõ o Padre Alberto Laercio. Chegando a Goa consumou a carreira dos estudos escolasticos, e querendo passar ao Japaõ destinada baliza de seus apostolicos fervores, se embarcou em huma Galeota para Macáo, que sendo perseguida de Cossarios Inglezes se salvou varando em terra, onde perdeo tudo quanto levava. Como naõ era facil passar de Macáo ao Japaõ, e conhecesse, que de Manilla se podia fazer a jornada mudou o habito religioso pelo traje de Soldado, e com este disfarce entrou no porto de Nangazaqui, donde partio por ordem dos Superiores para Amacusa. Naõ se pode ocultar ao Governador de Nangazaqui o fruto que colhia com as suas apostolicas fadigas, por cuja causa o mandou prender em hum tenebroso carcere juntamente com os Veneraveis Fr. Luiz Vasques da Ordem de S. Domingos, Fr. Luiz Sotelo, e Fr. Luiz Sazanda da Ordem de S. Francisco, e Luiz Bava Terceiro da mesma Ordem, e sendo conduzido ao lugar do suplicio por confessar a Fé de Christo, acabou gloriosamente a vida á violencia do fogo que o reduzio a cinzas, e a seus heroicos companheiros em a Cidade de Omura a 25 de Agosto de 1624. Fazem memoria deste Ven. Padre Cardim Fascicul. è Jap. Florib. p. 3. Illustrissimo Cunha Hist. Eccles. de Braga. Part. 2. p. 106. Nadasi Ann. dier. mem.  S. J. Part. 2. p. 124. Taner. Societ. Jes. usque ad sang. & vit. profes. militans. pag. 316. Pereira Paciecidos. p. 167. Franco Imag. da Virt. em o Nov. de Lisb. liv. 2. cap. 25. 26. e 27. e Ann. Glorios. S. J. p. 431. e D. Antonio Caetano de Sousa Agiol. Lusit. Tom. 4. p. 659. col. 2. no Coment. de 25 de Agosto letr. A. Escreveo

Carta ao P. Provincial do carcere de Omura a 10 de Fevereiro de 1624. Parte della imprimio o P. Franco na Imag. da Virt. do Nov. de Lisb. liv. 2. cap. 26.

Carta escrita do carcere ao P. Joaõ Bautista Baeza Reitor de Nangazaqui. Parte della publicou o P. Franco no lugar assima allegado

Carta escrita do Carcere ao Padre Bento Fernandes.

Carta escrita do carcere ao P. Manoel Borges em 23 de Agosto de 1624.

Destas duas faz mençaõ o P. Franco no lugar assima allegado, e a 1. transcreveo o P. Taner no lugar assima citado p. 317.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]