MIGUEL DIAS PIMENTA, natural da Freguesia do Mosteiro de Landim do Arcebispado de Braga, onde teve por Pays a Antonio Dias Pimenta, e Maria Francisca. Deixando a patria passou a Pernambuco, onde assistio muitos annos, e como observasse os effeitos do achaque chamado do Bicho, que infesta aos moradores daquelle Paiz, escreveo

Noticias de que he o achaque do Bicho, diffiniçaõ do seu crestamento, subimento, corrupçaõ, signaes, e cura até o quinto grao, ou intensaõ delle, suas differenças, e complicaçoens, quando se ajunta. Lisboa, por Miguel Manescal 1707. 8.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]