PANTALIAM DA SYLVA, natural da Cidade do Porto, escreveo com estylo sincero.

Relaçaõ Summaria do sentimento com que os moradores da Cidade do Porto celebraraõ a nova do sacrilego desacato que se fez a Deos Sacramentado na Igreja da Freguesia de Odivelas. Lisboa por Antonio Crasbeeck de Mello 1617. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]