P. NUNO DA CUNHA. Naceo em Lisboa, sendo filho de Simaõ da Cunha, Trinchante mór de Filippe III. e IV. Sargento mór de Batalha, e D. Luiza de Almeida, e irmaõ de D. Manoel da Cunha Capellaõ mór delRey D. Joaõ IV. Com judiciosa resoluçaõ, quando contava 17 annos de idade desprezou as delicias da Casa paterna, e abraçou o instituto sagrado da Companhia de Jesus em o Noviciado de Coimbra a 13 de Novembro de 1610, onde brilhou o seu penetrante engenho no estudo das Sciencias escolasticas, dictando sete annos Theologia Especulativa, e quatro Moral. A madureza do juizo com a sinceridade do animo se admiraraõ unidas nas Prelasias, que exercitou sendo Reitor do Seminario dos Irlandezes, dos Collegios de Lisboa, e Coimbra, Proposito da Casa professa de S. Roque, e assistente na Curia Romana pela Provincia de Portugal no tempo do Generalato do P. Vicente Carafa. Observou com summa exaçaõ os preceitos do seu instituto. Foy cordial devoto de MARIA Santissima, ornando sumptuosamente por sua despeza a Capella, que em Coimbra he dedicada a esta Senhora pintada por S. Lucas, e o mesmo obsequio praticou com outra consagrada ao Taumaturgo Portuguez S. Antonio. Falleceo piamente na Casa professa de S. Roque a 14 de Outubro de 1674, quando contava 81 annos de idade, e 64 de Religiaõ. Fazem Elogios da sua pessoa, D. Luiz de Men. Portug. Rest. liv. 9. p. 589. Fr. Franc. de Maced. Propug. Lusit. Gallio. p. 189. Cardoso Agiol. Lusit. Tom. 4. pag. 428. no Coment. de 27. de Mayo letr. J. Bib. Societ. p. 638. col. 2. Catastrof. de Portug. pag. 236. Franc. Velasco Allegaç. Do Duque de Aveiro. n. 325. Nicol. Ant. Bib. Hisp. Tom. 2. p. 123. col. 2. Franco Imag. da Virtud. do Nov. de Coimb. Tom. 2. p. 625 e Annal. S. J. Lusit. p. 257. n. 5. e 6. Compoz

Oraçaõ funebre nas Exequias do Bispo Inquisidor Geral D. Francisco de Castro no Mosteiro de Santa Cruz de Coimbra a 13 de Janeiro. Lisboa na Officina Crasbeckiana 1654. 4.

Vida do P. Diogo Monteiro da Companhia de Jesus. Sahio no principio da obra deste Padre intitulada Meditaçoens dos Attributos divinos. Roma por Angelo Barnabó 1671. 8.

Parecer sobre a sucessaõ da Casa de Aveiro feito em 2. de Julho de 1636. fol. Consultas varias. fol. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]