Fr. PAULO LORDELLO, cujo apellido tomou do lugar que lhe deu o berço situado em o Arcebispado de Braga. Professou o instituto Serafico em a Provincia da Piedade, do qual foy exactissimo cultor jejuando álem dos jejuns do anno a Quaresma de S. Francisco, que principia na Epifania com tal rigor, como se fora de preceito. Depois de assistir a Matinas continuava a Oraçaõ vocal com a mental em que consumia grande parte da noite. A cama em que descançava era a terra servindolhe de cabeceira huma pedra. Abrazado no zelo da salvaçaõ dos proximos se offereceo para a Missaõ das Ilhas de Cabo-Verde partindo com sete companheiros no anno de 1656. Chegando a Cabo-Verde se embarcou para Guiné, e na Colonia de Cacheu fundou hum Hospital para domicilio dos Missionarios. Todo o seu disvelo aplicou na reforma dos Christãos, e conversaõ dos Gentios naõ perdoando a todo o genero de trabalho para os conduzir ao gremio da Igreja, em que consumio seis annos discorrendo por toda a Serra Leoa, e Ilhas adjacentes. Edificou huma Igreja no Rio dos Banhús, e outra no Reino de Cassangas. Com as salutiferas agoas do bautismo regenerou para Christo os Reys de Matta, Baçarel, e de Jamo com grande parte de seus vassallos. Em Serra Leoa reduzio ao conhecimento do verdadeiro Deos a ElRey de Granfarma o mais poderoso daquella terra, o qual contava cento e vinte annos de idade. Tendo discorrido por todo o Reino de Guiné de Norte ao Sul, e do Sul ao Norte com zelo apostolico voltou ao Reino dos Banhûs, onde piamente faleceo em o anno de 1664 com sospeita de veneno. Passados dous annos foy transferido o seu cadaver para o Convento de Cabo-Verde, em que lhe deraõ decente sepultura com assistencia do Cabbido, e gente principal da Cidade. Compoz

Relaçaõ das suas Missoens, escrita com lhano mas bem ordenado estylo, como diz Fr. Manoel de Monforte Chron. da Prov. da Pied. liv. 5. cap. 26. n. 7. Delle chegaraõ á maõ deste Chronista, como affirma no lugar citado algemas reliquias que ficaraõ sem duvida para nos acrecentar mais a magoa.

Relaçaõ dos milagres do V. Fr. Francisco de Villa-Viçosa Religioso Menor da Provincia da Piedade. Desta obra o faz Author o Licenciado Jorge Cardozo Agiol. Lusit. Tom. 3. p. 442. col. 2. no Coment. de 28 de Mayo letr. G.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]