Fr. PAULO DE ALMEYDA, natural de Lisboa, e alumno da illustre Ordem da Santissima Trindade cujo instituto professou no Convento patrio a 2 de Fevereiro de 1698. Foy Lente de Theologia, Ministro do Convento de Santarem, Confessor das Religiosas do Convento do Mocambo em Lisboa. Teve igual talento para a Cadeira, que para o pulpito. Falleceo na Villa das Caldas da Rainha a 23 de Setembro de 1734. Jaz sepultado no Convento dos Religiosos Arrabidos junto da Villa de Obidos. Publicou

Sermaõ funebre nas Exequias da Excellentissima Duqueza do Cadaval D. Margarida de Lorena celebradas pela Irmandade do Santissimo Sacramento da Fregiuezia de Santa Justa em 30 de Janeiro de 1731. Lisboa por Jozé Antonio da Sylva Impressor delRey. 1732. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]