PEDRO DE ALPOEM CONTADOR, natural de Coimbra, e filho de Antonio Alpoem, e D. Isabel Bocarra, Doutor em Direito Cesareo, Collegial do Collegio de S. Pedro, aonde foy admitido ao 1 de Janeiro de 1578. Na Universidade patria regentou a Cadeira de Instituta que levou por oposiçaõ a 18 de Outubro de 1572, donde passou a do Codigo em 2 de Junho de 1579. Foy hum dos celebres defensores da sucessaõ da Coroa Portugueza a favor da Senhora D. Catherina, como tambem do direito que tinha á mesma Coroa o Senhor D. Antonio Prior do Crato, por cuja causa morreo degolado. Escreveo

Carta ao Duque de Bragança D. Joaõ o primeiro do nome, quando Filippe Prudente entrou em Portugal. A data he do feyo de Abrahaõ a 20 de Julho de 1581.

Começa. Obrigame a escrever a V. Excellencia cá do outro mundo de verdades, e desenganos. Acaba. Conforme a Santa ley deste Reino, ao qual Deos eternamente tem prometido conservar. He larga, e consta de hurna forte invectiva contra o Cardeal D. Henrique, por dispor que os Castelhanos se senhoreassem de Portugal, e juntamente contra o mesmo Duque de Bragança por seguir ao Cardeal. Eu a li, e he  muito judiciosa. As Postillas que dictou na Universidade, quando foy Mestre saõ as seguintes.

Commentarii ad Tit. Inst. de legatis. M. S.

………… ad Tit.Inst.de locato. M. S.

………. ad Tit. Cod. de Pignoribus, anno de 1579.M. S.

……… ad tit. Cod. de rei uxore act.an. 1580.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]