Fr. PEDRO DA CONCEIÇAM, chamado no seculo Pedro Duarte. Naceo em Lisboa, sendo filho de Alvaro Rodrigues, e Maria Jeronyma. Instruido na lingoa latina, e nas sciencias de Filosofia, e Theologia deixou o seculo, e abraçou o severo  instituto de Carmelita Descalso em o Convento de S. Filippe, lançandolhe o habito Fr. Ambrosio Mariano de S. Bento a 9 de Julho de 1584. Feita a profissaõ solemne a 10 de Julho do anno seguinte estudou Theologia no Collegio de Sevilha, onde dictou hum curso de Artes, e depois passou ás Indias Occidentaes com intento  de converter almas para Christo, porém vendo os Superiores o talento de que era dotado o mandaraõ ler Theologia em o Convento do Mexico, onde foy Prior. Restituido a Hespanha dictou Theologia nos Collegios de Alcala, e Salamanca com opiniaõ de grande Letrado, e de mayor virtuoso observando taõ exactamente os preceitos do seu instituto, que naõ comia carne, ainda obrigado pelos Medicos. Nos ultimos annos o provou Deos com graves escrupulos, de que se livrou com huma confissaõ geral que fez de toda a sua vida. Falleceo piamente no Collegio de Salamanca em o 1 de Janeiro de 1628. Deixou compostos diversos livros Theologicos, que foraõ os alicerces do Curso Salmaticense Escolastico, que a elle estava cometido, e naõ o executou impedido dos annos, e achaques, cuja empreza se encomendou a hum seu discipulo Author dos tres primeiros Tomos. Deste grande varaõ fazem memoria Fr. Belchior de S. Anna Chron. dos Carm. Descals. da Prov. de Portug. Tom. 1. liv. 5. cap. 37. e Fr. Franc. de S. Maria Chron. Gen. dos Carm. Descals. Tom. 1 . liv. 5 . cap. 19. n. 8. Compoz

Tratado para os que padecem tentaçoens contra as infalliveis verdades da Fé. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]