Fr. PEDRO DE GRAÇA, natural da Cidade de Portalegre, onde teve por Pays a Lourenço Annes, e Maria Vaz. Professou o instituto de Erimita Augustiniano em o Convento de Lisboa no 1 de Mayo de 1562, donde levado de apostolico zelo da conversaõ da gentilidade ao gremio da Igreja Catholica passou com outros companheiros aos Reinos de Congo, Angola, e da Mina, onde regenerou com as agoas do bautismo a tres Reys, e outros Principes, cujo exemplo seguiraõ innumeraveis Gentios. Falleceo piamente a 19 de Março de 1582. Delle se lembraõ com elogios Fr. Ant. da Purif. de Vir Illustrib. lib. 3. cap. 11. Joan. Soar. de Brito Theatr. Lusit. Litter. lit. P. n. 31. Herrera Alphab. August. e Cardoso Agiol. Lusit. Tom. 2. p. 237. no Coment. de 19 de Março letr. E. col. 1. onde o faz natural de Tavira, sendo certamente de Portalegre, como consta do livro das Profissoens do Convento da Graça de Lisboa, onde professou. Affirma que escrevera em metro as vidas de alguns religiosos seus companheiros nesta Missaõ. Alem desta obra fez

Historia da Missaõ dos Reinos de Congo, e Mina desde o anno de 1575 até 1578. M. S. fol. Consta de 162 meyas folhas, e se conserva na Livraria do Convento da Graça de Lisboa.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]