SEBASTIAÕ DE CAMPOS, natural de Coimbra Presbytero de vida inculpavel, da qual empregou a mayor parte derigindo em o Confessionario muitas almas para o caminho da eternidade sendo Capellaõ da Irmandade de N. Senhora dos Agonisantes, situada na Casa professa de S. Roque dos Padres Jesuitas. Falleceo piamente em o 1 de Setembro de 1673, e jaz sepultado na Igreja da mesma Casa professa. Deixou composto

Espelho de desenganos, e thesouro espiritual. Sahio esta obra depois da morte de seu Author por deligencia do P. Antonio Collares. Lisboa por Joaõ Galraõ 1678. 8. Na Dedicatoria, e Prologo se falla no Author com grande veneraçaõ.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]