P. RODRIGO DE FIGUEIREDO, natural da Villa de Coruche da Provincia Transtagana, e filho de Alvaro Ferreira, e Maria Barreto. Tendo quatorze annos de idade se aplicou a estudar Filosofia na Universidade de Evora, e atrahido do instituto que professava o seu Mestre recebeo a roupeta de Jesuita a 17 de Fevereiro de 1608. Acabado o tempo de Noviço pedio com repetidas instancias aos Superiores a Missaõ da India, porém como tivesse grande talento para as escolas se lhe naõ differio á sua petiçaõ. Depois de dictar letras humanas por alguns annos, foy estudar Theologia em Roma, cuja jornada estimou excessivamente por lhe parecer que poderia vocalmente conseguir do Geral a sua suplica que foy deferida como desejava. Restituido a Portugal se embarcou para a India no anno de 1618, e chegando a Goa onde acabou os seus estudos Theologicos navegou para a China no anno de 1622, e nesta grande seara colheo copioso fruto o seu apostolico zelo pelo espaço de doze annos até que partio a receber o premio eterno a 9 de Outubro de 1642. Soube perfeitamente a lingoa Chinense, e nella compoz

Oraçoens, e diversas devoçoens. 2. Tom.

Mysterios da Fé em 4. Tomos.

Livros de Aristoteles que trataõ dos Ceos. Delle fazem mençaõ Faria Asia Portug. Tom. 2. Part. 2. cap. 8. n. 19. Martin. Martines libel. Sinens. §. 7. p. 37. Franco Imag. da Virtud. do Nov. de Evor. p. 878. Fonseca Evor. Glorios. pag. 437. e o modern. addicion. da Bib. Naut. de Ant. de Leaõ Tom. 2. Tit. 1. col. 951.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]