Fr. LOPO SOARES natural da Cidade de Elvas, onde recebeo o sagrado habito da Illustrissima Ordem dos Pregadores, sahindo de taõ douta palestra igualmente versado nas sciencias, que nas virtudes. Todo o tempo que lhe restava das obrigaçoens religiosas o consumia na liçaõ dos livros, de que resultou escrever sete Tomos de folha, que comprehendiaõ diferentes materias dos quaes alguns estavaõ aprovados pelo Santo Officio para se imprimirem, e delles ainda vio dous Fr. Pedro Monteiro como escreve no Claust. Dom. Tom. 3. p. 248. que continhaõ,

Discursos Predicativos sobre as Domingas da Quaresma fol. M. S.

Invectiva contra os Christaõs novos deste Reyno. fol. M. S. escrita na lingua Latina.

Itinerario espiritual da Alma ordenado por consideraçoens devotas por meyo das quaes pode a alma buscar o seu verdadeiro descanso que he Deos Nosso Senhor. 4.

Sermaõ prégado na Cathedral da Cidade de Elvas no anno de 1643. quando houve de entrar no Reyno de Castella o Exercito Portuguez. Estas duas obras se conservaõ M. S. na livraria do Convento de Elvas.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]