SIMAÕ PRETO, natural do lugar da Fonte da Aldeya do Bispado de Miranda Presbytero do habito de S. Pedro, e filho de Simaõ Preto, e Isabel Peres. Sendo bom Filosofo, e muito perito nas Humanidades recebeo o grao de Bacharel em os sagrados Canones na Universidade de Coimbra, donde passou a ser Desembargador da Relaçaõ Ecclesiastica de Miranda. Compoz

Oraçaõ Gratulatoria pelos felices Desposorios entre o Serenissimo Principe N. S. D. Jozé, e a Serenissima Infanta de Castella a Senhora D. Marianna Victoria; entre os Serenissimos Principe das Asturias D. Fernando, e a Serenissima Infanta N. Senhora D. Maria em dia de S. Joaõ Evangelista anno de 1725. Lisboa por Bernardo da Costa, Impressor da Religiaõ de Malta. 1730. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]