THOMAZ TELLES DA SYLVA, naceo em Lisboa a 24 de Março de 1683, sendo filho segundo de Fernaõ Telles da Sylva II. Marquez de Alegrete, III. Conde de Villar-Mayor, Conselheiro de Estado, Gentil-homem da Camara delRey D. Joaõ V, e de D. Helena de Borbon, filha de D. Thomaz de Noronha III. Conde dos Arcos. Instruido nas letras humanas frequentou a Universidade de Coimbra assistindo em Casa de seu Tio Nuno da Sylva Telles Reitor da Universidade, e vagando por morte deste o Canonicato de Evora foy nelle provido tomando posse e a 2 de Junho de 1704 até que o renunciou com pensaõ no anno de 1708. Impellido do seu belico genio preferio a vida militar á Ecclesiastica, e sendo Coronel do Regimento de Estremoz na Campanha de 1709 demolio a Praça de Alcantara. Com o posto de Brigadeiro governou o Castello de Villa-Viçosa. Na restauraçaõ de Miranda sucedida no anno de 1711, e na deffensa do sitio de Campo mayor em 1712 se distinguio com açoens proprias do seu claro nacimento pelas quaes mereceo a patente de General de Batalha. Publicadas as pazes entre as Coroas de Portugal, e Castella, em o anno de 1715 ambicioso de gloria passou a Alemanha, e se achou no celebre sitio, e famosa batalha de Belgrado sucedida a 5 de Agosto de 1717. Depois de ter feito hum giro pelas principaes Cidades da Europa se restituhio a Portugal, onde cazou a 28 de Outubro de 1720 com sua sobrinha D. Maria Xavier de Lima, filha herdeira de D. Thomaz de Lima XI. Bisconde de Villa-Nova de Cerveira, por cujo cazamento he XII. Bisconde. Foy nomeado Mestre de Campo General dos Exercitos de Sua Magestade no anno de 1735, Embaixador Extraordinario á Corte de Madrid, Conselheiro de Guerra, e Gentilhomem da Camara delRey D. Jozé I. em 1750. Com o affectado nome de Theotonio de Sousa Tavares, publicou

Discursos sobre a disciplina militar, e sciencia de hum soldado de Infantaria dedicados aos soldados novos. Lisboa por Jozé Antonio da Sylva 1737. 4.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]