THOMÉ PIRES. Escrivaõ da Feitoria de Malaca no tempo que governava o Estado o grande Affonso de Albuquerque. Como fosse dotado de boa capacidade, e grande intelligencia da Botanica por ter sido Boticario do Principe D. Affonso, foy nomeado Embaixador ao Imperio da China para observar as plantas, e ervas medicinaes daquelle vasto Paiz. Partio na Armada de que era Capitaõ Fernaõ Peres de Andrade, e chegando a Peckim em o anno de 1521, naõ foy admitida a sua Embaixada por malevolencia dos Ministros da China, dizendo que era espia, por cuja causa sendo prezo morreo no Carcere em o anno de 1522. Delle se lembraõ Barros Decad. da India. Parte 3. liv. 2. cap. 8. e liv. 6. cap. 1. e 2. Castanheda Hist. da Ind. liv. 4. cap. 4. e 26.

Escreveo

Summa Oriental, começando do estreito do mar roxo até a China. Dedicado a D. Joaõ III. fol. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. III]