VICENTE DA COSTA DE MATOS, natural de Lisboa, e filho de Damiaõ da Costa Escrivaõ do Juizo do Civil da mesma Cidade. Foy muito versado na erudiçaõ  sagrada, principalmente na intelligencia das sagradas Escrituras, liçaõ dos Santos Padres, e dos mais celebres Rabinos, como mostrou na obra seguinte em que impelido do zelo da religiaõ Catholica, e do odio aos sequazes da Sinagoga, escreveo

Breve discurso contra a heretica perfidia do Judaismo continuada nos prezentes Apostatas de nossa Santa Fé com o que convem á expulsaõ dos delinquentes nella dos Reinos de Sua Magestade com suas mulheres, e filhos conforme a Escritura Sagrada, Santos Padres, Direito Civil, e Canonico, e muitos dos Politicos. Lisboa por Pedro Crasbeeck 1620. 4. Sahio traduzido em Castelhano por Fr. Diogo Gavilan Vela Conego Premonstratense. Salamanca 1631. 4.

Honras Christaãs nas affrontas de JESU Christo, e segunda Parte do primeiro Discurso contra a heretica perfidia do Judaismo continuada nos prezentes Apostatas de nossa Santa Fé com a conveniencia da expulsaõ dos sobreditos hereges em ordem ao serviço de Deos, e ao proveito particular deste Reino. Lisboa pelo dito Impressor 1625. 4.

Fazem memoria deste Author Nicol. Ant. Bib. Hisp. Tom. 2. p. 261. col. 1. Joan. Soar. de Brito Theatr. Lusit. Litter. lit. V. n. 9. Imbonatus Bib. Lat. Hebraic. p. 293. n. 887.

 

 [Bibliotheca Lusitana, vol. III]