Bernardo José de Carvalho

BERNARDO JOSÉ DE CARVALHO, Doutor e Lente da faculdade de Direito Civil na Univ. de Coimbra, em cujo primeiro anno se matriculara no de 1796. – Foi natural da mesma cidade, e filho de Dionysio José de Carvalho. Nasceu provavelmente pelos annos de 1778. Em 1834 foi mandado riscar do serviço com outros seus collegas no magisterio. (V. Angelo Ferreira Diniz.) Não me consta ainda a data do seu obito. – E.

294) Tractado theorico e pratico sobre os Tombos… e modo de levantar as plantas, ou cartas topographicas dos terrenos, sem maior apparato de Engenheria. Parte 1.ª Coimbra, na Imp. da Univ. 1827. 8.º gr. de VIII‑68 pag. – Vi e tenho só esta parte: a segunda não sei que se publicasse.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]

Frei Bernardo de Nantes

FR. BERNARDO DE NANTES, Capuchinho francez, Missionario Apostolico no Brasil. Na sua qualidade de estrangeiro não foi admittido na Bibl. de Barbosa. – E.

302) Katecismo Indico da lingua kariris, accrescentado de varias praticas doutrinaes e moraes adaptadas ao genio e capacidade dos Indios do Brasil. Lisboa, por Valentim da Costa Deslandes 1709. 8.º de XXIV‑363 pag.

Tenho um exemplar d’este cathecismo, que é raro, e sei que outro, pertencente á bibliotheca do celebre orientalista Mr. Langlès, foi vendido em Paris em 1825 por 40 francos, como se vê do respectivo Catalogo sob n.° 228. E, como todos os livros d’esta especie, mais apreciado e conhecido dos estrangeiros que dos portuguezes. Tenho idéa de que no Brasil se tractava ha annos da sua reimpressão.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]

Frei Bernardo de São Miguel

FR. BERNARDO DE S. MIGUEL, Monge Cisterciense, companheiro de Fr. Antonio das Chagas, nas missões que este emprehendeu por diversas terras do reino, occupando‑se da conversão das almas. Foi natural de Villa nova da Cerveira na provincia do Minho, e nascido provavelmente pe!os annos de 1634. M. no convento de Alcobaça em 1697. – E.

301) Espelho da rasão, amor acertado. Propõe a rasão á vontade rectos documentos e acertados conselhos, com que instruida se desvie de amar aquillo que á alma faz maior damno, e ame só o que lhe serve de merecimento. Lisboa, por Domingos Carneiro 1690. 8.º de IV‑338 pag.

O estylo e linguagem d’este livro ascetico‑doutrinal não são de todo despiciendos, e o auctor hombrêa com os mais cultos da epocha em que viveu. Todavia, como não anda incluido no chamado Catalogo da Academia, não gosa de estimação alguma, e corre por baixo preço.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]

Frei Bernardo de Santa Maria Rosa

FR. BERNARDO DE SANCTA MARIA ROSA, Franciscano da provincia de Portugal, e Mestre de ceremonias no convento da sua Ordem na cidade do Porto. – N. em Mezão‑frio, na provincia do Minho, a 14 de Agosto de 1714. A data da sua morte é ainda ignorada. – E.

300) Espelho de perfeição religiosa, a que se podem ver as almas que quizerem seguir nos caminhos da vida espiritual as grandezas do amor de Deus no exercicio das virtudes, e caminho seguro da cruz, composto do cristal da innocente vida da Madre Soror Guiomar Theresa do Carmelo, religiosa que foi no mosteiro de Sancta Clara de Amarante. Coimbra, por Luis Secco Ferreira 1750. 4.°

O titulo d’este livro é já um bom espelho do gosto e estylo de seu auctor. Serve todavia como outros muitos, para ajuntar ás collecções das vidas dos sanctos, e sujeitos illustres por suas acções e virtudes nascidos em Portugal. A este intento pode ser ainda procurado, mas convém notar que mui poucos exemplares apparecem d’elle, ao menos em Lisboa, onde pouquissimas vezes o tenho visto.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]

Bernardo Xavier da Costa

BERNARDO XAVIER DA COSTA, que segundo as informações que obtive, era ultimamente Aspirante da Alfandega grande de Lisboa, e morreu da febre epidemica em Novembro de 1857. – E.

322) Poesias offerecidas ao Ill.mo Sr. José Antonio da Fonseca. Lisboa na Typ. Maigrense 1822. 8.º de 102 pag. – São versos menos que mediocres, e que em nada avultam no meio das immensas collecções d’este genero, de que a nossa litteratura abunda em demasia.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]

Frei Bernardo Teles

FR. BERNARDO TELLES, Monge Cisterciense, Doutor em Theologia pela Universidade de Coimbra, Reitor do collegio de S. Bernardo, e Conductario na mesma Universidade. – N. em Lisboa, e foi filho do primeiro Marquez d’Alegrete Manuel Telles da Silva, de quem se fez memoria no presente Diccionario. M. em Coimbra a 22 de Dezembro de 1716. – E.

321) Sermão do Auto da fé que se celebrou no Rocio de Lisboa a 30 de Junho de 1709. Lisboa, por Manuel e José Lopes Ferreira 1709. 4.º de XII‑36 paginas.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]