Sessão CCL dos Seminários à Hora do Almoço | “Imagens de Portugueses na Literatura Contemporânea de Diferentes Regiões do Brasil” | 06.11.2019

No próximo dia 23 de Outubro, pelas 13h00, decorrerá a Sessão CCL dos Seminários à Hora do Almoço (Nova Série), que terá lugar na sala do Polo Centro de Tradições Populares / CLEPUL (FLUL), no dia 6 de Novembro, quarta-feira, às 13h00, que contará com a participação da Doutora Débora Mutter (Pós-Doutoranda do Programa de Pós-Graduação da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul), que apresentará o tema «Imagens de portugueses na literatura contemporânea de diferentes regiões do Brasil».

Ciclo de Conversas Foto-histórias da História – O foto-jornalismo entre «Os Anos de Chumbo»e a «Madrugada Sublime» | 5 Nov. ’19 | 17h30 | BN

s temáticas do ciclo Foto-histórias da História, organizado por Filomena Serra (IHA – FCSH/NOVA), estão relacionadas com a exposição Fotografia Impressa e Propaganda visual em Portugal (1934-1974), patente na BNP de 20 de maio a 30 de agosto de 2019, e enquadram-se no projeto «Fotografia Impressa. Imagem e  Propaganda em Portugal (1934-1974)», – PTDC/CPC-HAT/4533/2014», financiado pela FCT e desenvolvido no IHA (FCSH/NOVA) e no DINÂMIA-IUL (ISCTE-IUL).
É nos anos 20 que o fotojornalismo conhece através das revistas ilustradas grande incremento. Novos flashs, novas câmaras mais fáceis de manusear, lentes mais luminosas e filmes mais sensíveis, foram postos ao serviço da captação do momento decisivo que o fotojornalista conseguirá se estiver no acontecimento. Contudo, como iriam sobreviver os «bate-chapas» nos «anos de chumbo» do regime no Estado Novo? Qual era o estatuto social do fotógrafo? Qual é a nova geração de fotógrafos de news? Que tragédias fizeram brilhar os fotojornalistas portugueses? Houve uma rutura estética e ética com Eduardo Gageiro? O que se seguiu ao 25 de Abril? Esta é uma história que está por fazer e que se abordará nesta sessão.
Luiz Carvalho, arquiteto pela ESBAL, atividade que exerceu até 1989 na Direção dos Edifícios e Monumentos Nacionais, foi professor de fotojornalismo na Universidade Autónoma de Lisboa durante 10 anos, e fotojornalista desde 1978, com relevância para os 25 anos no semanário Expresso. É atualmente realizador e autor do programa Fotobox na RTP3.

 

 

Fonte: BNP

Quinta com Poesia convida Ronaldo Cagiano | 31 Outubro às 19h

QUINTA COM POESIA CONVIDA RONALDO CAGIANO

31 Outubro, 19h

 

“O que importa saber agora
além do beco e do mundo caduco
que ombros suportarão
tanta verdade

em que aeroportos
ficará retida a esperança”

( in “Bandeira / Drummond”)

 

Nascido em Cataguases, Brasil, Ronaldo Cagiano formou-se em Direito e foi bancário da Caixa Económica Federal, morou em Brasília e São Paulo, vivendo atualmente em Lisboa. Colabora, escrevendo resenhas e artigos em diversos jornais e revistas. Estreou com o livro “Palavra engajada” (poesia, 1989) e entre as obras publicadas, destacamos “Colheita amarga & outras angústias” (poesia, 1990), “Canção dentro da noite” (poesia, 1998), “Prismas – literatura e outros temas” (coletânea de artigos e resenhas, 1999), “Dezembro indigesto” (contos – Prêmio Brasília de Produção Literária 2001), “Dicionário de pequenas solidões” (contos, 2006), “O sol nas feridas” (Poesia – finalista do Prêmio Portugal Telecom 2013), “Moenda de silêncios” (novela juvenil, em co-autoria com Whisner Fraga), “Eles não moram mais aqui” (contos – Prêmio Jabuti 2016), publicado em Portugal pela Editora Gato Bravo e “Diolindas” (romance, 2017, em parceria com Eltânia André). Organizou as coletâneas ”Antologia do conto brasiliense” (2001), ”Poetas Mineiros em Brasília” (2001) e ”Todas as gerações – O conto brasiliense contemporâneo” (2006).