Celebrando os 220 anos do nascimento de Almeida Garrett, o TEATRO MAIZUM recorda o papel determinante deste autor. Fundador do Teatro Nacional, do Conservatório e da Inspecção Geral dos Teatros, defensor do ensino da arte dramática e crente no seu papel civilizador, Garrett perseguiu o sonho de criar um teatro verdadeiramente nacional pelos temas, pela linguagem e pelo espírito. O que aqui se propõe é a leitura encenada da peça que é considerada como o primeiro drama romântico português: Um Auto de Gil Vicente, representado pela primeira vez em 1838.

A folha de sala pode ser consultada aqui.