“As personagens literárias que ganham vida e ficam connosco para lá dos livros.”

Desde a infância, há personagens que começam a fazer parte da vida de quem gosta de ler. Depois, e apesar de nós, os leitores, envelhecermos, e de elas, as personagens, teoricamente ficarem na mesma, vão crescendo connosco, fazendo companhia a outras que surgem e ganhando significado para lá dos livros de onde saíram, como amigos de longa data com quem se partilha experiências, aprendizagens e emoções.

Alberto Manguel, um dos maiores bibliófilos do mundo?, apresenta neste livro, com erudição e humor, mais de 30 das suas personagens preferidas: desde o Jim de Huckleberry Finn ao monstro de Frankenstein, passando pela Capuchinho Vermelho ou pela inteligente Phoebe de À Espera no Centeio, e até o Mandarim, de Eça de Queirós. Através desta partilha, desafia cada leitor a explorar as suas relações pessoais com este tipo de «monstros» imortais e amorosos, e com o tanto que cada um deles transporta da condição humana.