Cristina Farinha, socióloga e investigadora especializada em artes, cultura, comunicação e direito do trabalho, vem apresentar uma ampla reflexão sobre a cultura.

O que é a Cultura? Existem muitas definições de Cultura, mas, do ponto de vista sociológico, Cultura é o que distingue um português de um espanhol, um homem de uma mulher, um “tripeiro” de um “alfacinha”. Cultura é a nossa forma de ser, estar, pensar e agir. Logo está presente em todas as nossas atividades: na arte e no lazer, mas também na família e na tradição, no trabalho, na escola ou na vida social.

Em linguagem informática, a Cultura é assim uma espécie de sistema operativo, onde correm as aplicações que produzem resultados. O word e o excel são culturalmente as empresas, organizações, escolas ou famílias, que produzem bens económicos, desporto, educação ou espaços de afetos. Logo quanto melhor for a cultura, melhor será a economia, a educação ou a saúde.

Daqui se conclui facilmente que o nosso desenvolvimento económico depende do nosso desenvolvimento cultural. Mas como isso se faz? A cultura aprende-se? Qual o papel da arte?

Cristina Farinha, perita independente do setor cultural e criativo, colaborou com várias instituições, nomeadamente, a Comissão Europeia, a UNESCO, o Conselho da Europa, a Fundação Ásia Europa ou a Federação Internacional dos Conselhos de Artes e Agências Culturais. O seu foco de interesse são as políticas culturais e o seu papel na governação e desenvolvimento; a capacitação e formação profissional do setor; e a promoção da cooperação e mobilidade internacional.

É uma das maiores especialistas portuguesas em Cultura e traz a energia, a simpatia e o charme para uma sessão de profunda sabedoria. A não perder.

Conheça o Programa Masterclasses Cogito 2019

 

INFORMAÇÕES:

Palácio Marquês de Pombal
Tel: 214 406 337 maria.amandio@cm-oeiras.pt
Saiba mais em www.cogito.pt

 

Fonte: Câmara Municipal de Oeiras