Gregório Martins Caminha, Tratado da forma dos libelos

Gregório Martins Caminha, natural de Lisboa, advogado da Casa da Publicação, perito na jurisprudência civil e canónica, quer teórica quer prática, publicou, dedicando-o a D. João, filho de D. João III,  o Tratado da forma dos libelos, das alegações judiciais, do processo do juízo secular, e eclesiástico, e dos contratos, com suas glossas, cuja primeira edição é de 1549. Esta obra, escrita em português, contém formulários processuais e dos principais contratos, sendo essencial para o conhecimento e estudo da prática jurídica portuguesa a partir do século XVI. A obra teve um grande relevo ao longo dos tempos, tendo conhecido edições anotadas e acrescentadas até ao século XIX.