Fr. AFFONSO DE BENAVIDES, nasceo em huma das Ilhas dos Açores, onde professou o Instituto Serafico. Eleito no anno de 1629, Custodio do Mexico, entrou pela dilatada extensaõ das Indias Occidentaes acompanhado de quarenta e nove Religiosos para annunciar o Evangelho aos Gentios, que jaziaõ sepultados no abysmo da sua cegueira; e tal foy o ardor com que promoveo esta sagrada empreza, que já no anno de 1630 se tinhaõ agregadas ao gremio da Igreja Romana mais de quinhentas mil almas. Para augmentar o numero dos cultores Evangelicos necessarios a taõ dilatada vinha, voltou a Hespanha, e depois de discorrer por diversas terras, chegou a Portugal, onde se incorporou com beneplacito do Geral em a Provincia da Observancia. Nomeado Arcebispo de Goa D. Fr. Francisco dos Martyres, se embarcou a 4 de Abri1 de 1636, como seu companheiro, em cuja jornada acabou piamente a vida. Delle faz memoria Fr. Fernando da Soledade, Histor. Seraf. da Provincia de Portugal. Part. 5. liv. 3. cap. 4. n. 878. Escreveo

Relaçaõ dos progressos da conversaõ do Gentio à nossa santa Fé, e outros serviços a Deos, e ao Rey obrados nas Indias Occidentaes. Offerecida no anno de 1630 a Filippe IV. Desta obra fez mençaõ Fr. Gaspar de la Fuente, Hist. do Cap. Ger. celebrado em Saragoça anno de 1633, e da dita Relaçaõ transcreve alguma parte desde fol. 75 até 78.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. IV]