IOAÕ MENDES DE TAVORA natural de Lisboa filho segundo de Luiz Alvares de Tavora I. Conde de S. Ioaõ da Pesqueira Senhor do Mogadouro, e de D. Martha de Vilhena filha de Ioaõ Mendes de Oliveira Morgado deste apellido. Instruido nas letras humanas se graduou Doutor Theologo na Universidade de Coimbra sendo admitido por Collegial do Collegio de S. Pedro a 28 de Mayo de 1618. donde passando a Conego Magistral da Cathedral de Lisboa a 17 de Abril de 1624. foy Deputado da Inquiziçaõ de Lisboa, e Sumilher da Cortina de Filippe IV. que atendendo ao esplendor do seu nacimento, e integridade de seus custumes o nomeou Bispo de Portalegre em cuja dignidade foy confirmado pelo Summo Pontifice Urbano VIII. no anno de 1632. Deste Bispado foy assumpto no anno de 1638. ao de Coimbra onde celebrou Synodo a 8 de Mayo de 1639. em que propoz o Iuramento do Mysterio da Conceiçaõ da Senhora. Ao tempo que exercitava as obrigaçoens de vigilante Pastor o arrebatou a morte do gremio das suas ovelhas em o 1 de Julho de 1646. quando contava 48 annos de idade já Concelheiro do Estado delRey D. Ioaõ o IV. e nomeado Arcebispo de Lisboa. Iaz sepultado na Cathedral de Coimbra. Delle faz honorifica mençaõ D. Nicol. de Santa Maria Chron. dos Coneg. Reg. liv. 10. cap. 19. n. 12. Leitaõ Cathal. Chronol. Dos Bisp. de Coimb. §. 76. D. Fernando de Noronha Cathal. dos Bisp. de Portaleg. §. 9. Pereira Leal Cathal. Chronol. dos Colleg. de S. Pedro. n. 57. Fr. Ped. Mont. Cathal. dos Deput. da Inq. de Lisboa. 82. Compoz.

Sermaõ no Acto da Fé, que se celebrou em Lisboa em 2 de Setembro de 1629. Lisboa por Antonio Alvares. 1629 4.

Epistola ad Sanctissimum Ecclesiae Romanae Pontificem Innocentium X Começa. Ipso die Beatissimi Caroli Barromaei. &c. &c. Conimbricae 9 Novembris. 1644. Naõ tem nome do impressor. 4.

Memorial a el Rey em nome do Deaõ, e Cabbido da Sé de Lisboa em defensa da liberdade Ecclesiastica violada com a ley que promulgara contra o uzo dos Coches. fol. Naõ tem anno nem lugar da Impressaõ, mas certamente he Lisboa. He muito erudito, e no fim está assinado seu Author. Consta de 8 folhas.

Commentaria in Canticum Magnificat. Estavaõ promptos no anno de 1661. com todas as licenças para a impressaõ.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]