IOAÕ LOPES DE OLIVEYRA natural da Cidade de Evora, e muito perito nos preceitos da Arte Poetica, que cultivou com felicidade sendo mais plausivel o seu talento na Poezia Comica em que compoz muitas obras, que se reprezentaraõ com geral aceitaçaõ dos Expectadores, das quais foraõ as principaes.

Achilles, e Thetis. Reprezentada no anno de 1578. em a Noute de Natal.

O Prodigo. Constava de verso, e proza, e comprehendia 75 folhas a qual foy aprovada pela Inquisiçaõ de Evora a 25 de Agosto de 1590.

Autto da Assumpçaõ de Nossa Senhora. Deste faz memoria o Padre Fonceca Evor. Glorios. pag. 412.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]