IOAÕ GABRIEL naceo em a Etiopia de Pay Portuguez, e de Mãy taõ observante dos dogmas da Igreja Romana que sendo lançada pela confissaõ delles às feras mais indomitas se abstiveraõ de lhe ofender a menor parte do corpo. Pela assistencia do vasto Imperio em que teve o berço alcançou individuaes noticias de tudo quanto comprehendia assim no politico, como em o natural. Ocupando o posto de Capitaõ mòr de distinguio em diversas ocazioens dos mais famosos soldados principalmente em a batalha em que vencido, e morto o Emperador da Etiopia Zà Danguil a 13 de Outubro de 1604. Igual à valentia do seu braço era a madureza do seu juizo sendo consultado em todos os negocios graves pelos Emperadores da Etiopia. Delle fazem honorifica mençaõ o Padre Fernand. Guerreir. Relac. Annual da Etiop. Do anno de 1607. e 1608. liv. 1. cap. 15. e na Relac. do anno de 1606. e 1607. liv. 3. cap. 13. o Padre Balthez. Telles Hist. da Etiop. Alt. liv. 3. cap. 20. e 21. Padre Alonso de Andrad. Var. Illust. de la Comp. Tom. 5. na via. do Padre Manoel de Almeyda. e o Padre Nicolao Godinho de Abassin. reb. lib. 1. cap. 4. unus est. de primariis Lusitanis qui in Abassia versantur, quique jam illic Lusitanorum legionibus cum summo imperio praefecit, expertus bello vir, fideque, authoritate, et consilio domi, ac militiae clarus, nec morum tantum, vitaeque exemplo spectabilis, ac religiose pius, sed multarum etiam peritus linguarum &c. Dignus tandem homo cujus hic laudes hoc elogio commendemus, quod è transferendis à Lusitano idiomate in Abassinum libris fidei, morumque doctrinam continentibus assiduam, valdeque utilem Romanae Ecclesiae, operam navet. Alem destas taõ utilissimas traduçoens da lingua Abexina em a Portugueza pelas quais merecia ser collocado entre os Escritores Portuguezes. Compoz.

Commentarios do Imperio da Etiopia. M. S.

Desta obra, da qual como confessa o mesmo Padre Godinho se aproveitou para a que escreveo do mesmo assumpto, fez mençaõ Antonio de Leaõ Bib. Orient. Tit. 12.

Cartas diversas. M. S. Conservaõ-se no Archivo do Collegio de Coimbra dos Padres Iesuitas.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]