Fr. IOAÕ DE S. MATHIAS natural de Lisboa alumno da Serafica Provincia de S. Thomè da India Oriental onde pela religiosa observancia do seu instituto foy o outavo Provincial desta Provincia, e dos mais infatigaveis Operarios daquellas taõ dilatadas vinhas. Para agregar as almas de innumeraveis gentios ao rebanho do divino Pastor aprendeo a lingua dos Bramenes em que foy peritissimo compondo, e traduzindo nella para instruçaõ dos Neofitos muitos livros como escrevem Fr. Miguel da Purif. Relac. Defens. Dos filhos da Ind. Trat. 1. cap. 2. n. 10. e Fr. Jacint. de Deos Verg. de plant. e Flor. pag. 10. sendo os principaes.

Symbolo da Fé composto pelo Cardial Bellarmino cuja proza verteo em dous mil versos para com mayor facilidade se decorarem.

Vida de Christo. Escrita na lingua Bracmana, que intitulou Puritana. Desta obra faz mençaõ Fr. Ioaõ de Deos Theatr. das Igrej. de Portug.

  

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]