Fr. IOAÕ DE S. IGNACIO. Naceo em a Cidade de Tavira do Reyno do Algarve, e na Matris de S. Tiago recebeo a primeira graça a 31 de Dezembro de 1675. Foraõ seus Pays Francisco Gomez Englez, e Ioanna de Brito. Deixando o seculo abraçou o instituto de Erimita Augustiniano Descalso. no Convento de N. Senhora da Conceiçaõ do Monte Olivete situado fora dos muros de Lisboa a 8 de Outubro de 1695. e professou solemnemente a 9 do dito mez do anno seguinte. Havendo louvavelmente exercitado por duas vezes a ocupaçaõ de Provedor do Hospicio de N. Senhora dos pobres da Villa de Loulè, e de Procurador do Convento de N. Senhora das Merces da Cidade de Evora passou com a mesma incumbencia em nome das Religiosas Agostinhas Descalsas da Cidade de Lisboa a S. Lucar de Barrameda em o Condado de Niebla de que he Senhor o Duque de Medina, e Sidonia onde conciliou os aplauzos das pessoas mais principaes naõ somente pela sua erudita conversaçaõ, como pelas oraçoens evangelicas que recitou nas mayores Festividades que imprimio onde as pregara, como foraõ.

Sermaõ da Conceiçaõ prégado no Outavario celebrado na Igreja mayor de S. Lucar de Barrameda. Sevilha por Ioaõ Francisco de Blas. 1717. 4.

Sermaõ da Purificaçaõ pregado na Igreja mayor de S. Lucar de Barrameda fazendo a Festa o Illutrissimo Cabido, e Senado. Cadiz por Hyeronimo Peralta 1717. 4.

Sermaõ da Charidade no Outavario da Assumpçaõ da Senhora celebrado no Santuario do Excellentissimo, e Illustrissimo Senhor Duque de Medina, e Sidonia. Sevilla. Na Officina da Viuva de Francisco Lourenço de Hermosila. 1718. 4.

Sermaõ no solemnissimo Triduo em que os Erimitas Agostinhos Descalsos celebraraõ no seu Convento da Boa Hora de Lisboa a invençaõ do Sagrado Corpo do Pay dos Padres, Doutor dos Doutores o seu Santissimo Patriarcha descuberto em o Ceo de ouro na Igreja de S. Pedro em Pavia. Evora na Officina da Universidade 1731. 4.

Tuba Concionatoria Tom. 1. M. S. Consta de Sermoens diversos.

Columna Mystica para Religiosas. M. S.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]