Fr. IOAÕ DE LISBOA natural da Cidade que tomou por apellido, Monge Cisterciense cujo instituto professou no Real Convento de Alcobaça. Por ordem de D. Iorge de Mello Commendatario do mesmo Convento traduzio da lingua latina em a materna no anno de 1510.

Regra de S. Bento, e Carta da Charidade.

Declaraçoens do Papa Clemente IV.

Fundaçaõ da Ordem de Christo.

Estatutos da Ordem de Calatrava.

Fundaçaõ do Convento de Odivellas.

Todas estas obras escritas em hum Tomo de folha se conservaõ M. S. na Bibliotheca do Real Convento de Alcobaça.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]