IOAÕ DE DEOS DA SYLVA irmaõ do Doutor Jacinto de Miranda de quem se fez memoria em seu lugar, naceo em a nobre Villa de Setubal a 8 de Março de 1696. onde teve por Pays ao Doutor Simaõ da Sylva professor de Medecina, e a D. Thereza de Miranda. Quando contava treze annos de idade soube perfeitamente a lingua Latina, e letras humanas, e sendo de desaseis recebeo o gráo de Mestre em Artes em a Universidade de Evora donde passando à de Coimbra estudou Medecina em cuja Faculdade formado no anno de 1718. a exercita com grande aplauzo do seu Nome. Na Academia Problematica instituida em a sua patria mereceo os Elogios dos seus Collegas, ou fosse discorrendo, ou metrificando. Tem prompto para a Impressaõ.

Centuria Epigrammatum. 4. M. S. Consta das açoens prodigiosas da Vida de S. Ioaõ de Deos Patriarcha da Hospitalidade em cujo dia naceo, obsequio lhe foy devotamente nome.

Celebrando a Academia dos Escolhidos a restituiçaõ da saude do nosso Monarcha D. Ioaõ o V. em o Collegio de Santo Antaõ de Lisboa em os dias 18, 19, 20, e 21 de Outubro de 1742. foy premiado este seu Epigramma.

Corpore Rex doluit, doluerunt mente Clientes

Torquet uterque dolor; plus tamen iste ferit.

Rex animo numquàm cecidit: cecidere clientes

Regeque sic populum plùs doluisse patet.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]