IOAÕ DE BRITO DE MELLO natural da Villa de Setubal Cavalleiro professo da Ordem de Christo, Fidalgo da Caza Real, Provedor da Alfandega da sua patria filho de Joaõ de Brito de Mello, e de sua mulher Izabel Coelho. Foy muito estdioso, e hum dos celebres alumnos da Academia dos Insignes instituida em Setubal. Teve igual genio para a Poezia, como para a Historia compondo com beneplacito dos Religiosos Arrabidos.

Chronica da Provincia de Santa Maria da Arrabida dividida em sinco livros. Conservava-se M. S. no Convento de S. Pedro de Alcantara desta Corte, cuja obra vio o Padre Francisco da Cruz da Companhia de JESUS como escreve nas Memorias M. S. para a Bib. Portug. suposto, que Fr. Antonio da Piedade na Chronica, que modernamente imprimio desta Provincia affirme, que somente se acháraõ sinco cadernos da Chronica composta por Ioaõ de Brito de Mello, a qual devia deixar completa pois em seu aplauzo lhe dedicou o seguinte Soneto o Doutor Ioaõ Soares da Gama contemporaneo do Author.

Neste Volume, tal na contextura,

Que aos mayores excede sendo breve

Se vè quanto escrevera quem descreve

Com tantas flores huma serra dura.

Do monte pois Barbarico a espessura

Se com tal Escritor tal cita teve,

Diga, que a competir hoje se atreve

Com os que a Fama poz na mòr altura.

Mas, que muito, se aqui delineado

Desde a raiz, que a idade oculta tinha

Se admira hu Templo a votos consagrado.

Seja pois, se ao Ceo tanto se avizinha,

Dos Chronistas Rey Brito afamado,

Das Provincias a Arrabida Raynha.

Compoz mais.

Festas ao Nacimento do Serenissimo Infante D. Pedro em o anno de 1648. 4. Consta de Outavas.

Falleceo com summa piedade em a sua patria no anno de 1682.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]