IOAÕ DE BARROS natural do Porto como escreve o Illustrissimo Cunha  Hist. Eccles. de Brag. Part. 2. cap. 35 . n. 5 . Ou de Braga como affirma o douto antiquario Manoel Severim de Faria Disc. Var. Hist. fol. 23. Estudou Jurisprudencia Civil em a Universidade de Coimbra sahindo taõ eminente nesta Faculdade, que depois de ser Ouvidor do Arcebispado de Braga, e Escrivaõ da Camara delRey D. Joaõ o III. pelos annos de 1546. e 1547. Dezembargador dos Aggravos em 1549. E naõ do Paço como diz Nicol. Ant. Bib. Hisp. Tom. 1. pag. 497. col. 2. a quem o mesmo Principe cometeo juntamente com o Doutor Rodrigo Monteiro, que servia de Almotace mór, e os Vereadores da Cidade de Lisboa a incumbencia de rever as Taxas velhas, e ordenar outras novas para beneficio de seus Vassallos de que fez mençaõ Francisco de Andrada Chron. delRey D. Ioaõ o III. Part. 4. cap. 54. O Cardial D. Henrique sendo Administrador do Convento de Pedrozo lhe ordenou reformasse os Carthorios de muitos Conventos cuja empreza dezempenhou com igual actividade, que disposiçaõ. Teve tres filhos chamados Marcos, Diogo, e Pedro de Barros, que frequentáraõ a Universidade de Coimbra, e naõ degeneráraõ de seu Pay na integridade, e litteratura com que serviraõ Varios lugares da Republica. Compoz.

Espelho de cazados em que se disputa quaõ excellente seja o cazamento. Porto por Vasco Diaz do Frexenal. 1540. 4.

Descripçaõ de Entre Douro, e Minho. M. S. Consta das Antiguidades, e couzas notaveis desta Provincia, e de outras muitas de Portugal, e Espanha. Foy composta em Lisboa no anno de 1549. e tem 32 Capitulos. Começa o Proemio.  Depois, que ElRey N. Senhor me mandou estar em sua Corte &c. Acaba. Onde levaõ suas novidades, e de lá trazem o que haõ mister. No fim tem huma Censura de Fr. Francisco Foreiro da Ordem dos Pregadores em que diz se pode imprimir. O  Illustrissimo Cunha Hist. Eccles. de Brag. Part. 2. cap. 35. n. 5. affirma ser dignissima de estampa, e o mesmo escreve Ioan. Soar. de Brito Theatr. Lust. Litter. lit. 1. n. 1 8. Desta obra faz repetida mençaõ o Licenciado Iorge Cardozo Agiol. Lust. Tom. 2. pag. 68 1. col. 2. e 706. col. 2. Fr. Filippe Columbo Vid. do Ven. Fr. Gonçal. Dias de Amarante liv. 1. cap. 1. Maris Dial. de Var. Hist. e Fr. Bernad. De Brit. Mon. Lusit. e do Author o Padre Vasconcel. Descript. Lusit. pag. 392. n. 3.  Joannes Barrius Jurisconsultus, et gravissimus Lusitaniae Scriptor.

Dos Nomes proprios de todas as Provincias de Espanha. M. S. 4.

Livro das Escrituras Authenticas, e bens do Mosteiro de Pedrozo. Foy ordenado por ordem do Cardial D. Henrique Comendatario do dito Convento o qual se conserva no Collegio dos Padres Iesuitas de Coimbra.

Carta escrita ao Cardial D. Henrique. O principio della imprimio o Illustrissimo Cunha na Hist. Eccles. de Brag. Part. 2. cap. 35. n. 5.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]