IOAÕ AFFONSO DE BEJA natural da Cidade do seu appellido Vèdor da Caza do Serenissimo Infante D. Luiz, e Commendador de Santa Maria de Beja. Foy filho de Rodrigo Affonso de Beja, e D. Ignez de Aboim filha de Alvaro de Brito. Entre as pessoas de distinçaõ que acompanharaõ no anno de 1513. ao Duque de Bragança D. Iayme para a expediçaõ de Azamor foy nomeado pela madureza do juizo, e fidelidade do coraçaõ. Professou o estudo da Iurisprudencia em que recebeo o grao de Doutor, sendo ornado de todo o genero de erudiçaõ de que saõ testemunhos os celebres Dialogos que compoz de que faz memoria o Licenciado Iorge Cardozo Agiol. Lusit. Tom. 2. p. 727. col. I. no Comment. de 27 de Abril letr. A. os quaes saõ outo, e tem por titulo.

Primeira Parte de passatempo e Séstas do Doutor Ioaõ Affonso de Beja. Consta o I. Dialogo das Excellencias do Alentejo, e Entre Douro, e Minho interlocutores Duriano Escudeiro de Entre Douro, e Minho, e Anatolio Villaõ do Alentejo. 2. das Excellencias das mulheres. 3. daAmizade. 4. doAmor honesto. 5. do enfadamento de ler, e escrever &c. M. S. Foy dedicada esta obra por Ioaõ Affonso da Gama neto do author a D. Luiz Coutinho onde lhe diz que seu Avó naõ permitira, que se imprimisse, como outros muitos volumes de Direito que deixara imperfeitos. Foy cazado com D. Mecia de Vasconcellos filha de Ruy Fernandes de Vasconcellos de quem teve sinco filhos, e huma filha que cazou em Beja com Diogo Gonzalves Sanches Cavalleiro do habito de S. Tiago. Iaz sepultado em Capella propria, que edificara com obrigaçaõ de certas Missas por sua alma, e de seus parentes, e amigos. Delle fazem memoria Diogo de Gouvea de Barradas Antiguidad. de Beja liv. 3. cap. 29. e o P. Souza Hist. Gen. da Caz. Real Portug. Tom. 5. liv. 6. pag. 512.

 

[Bibliotheca Lusitana, vol. II]