FR. ANTONIO LOPES CABRAL, Freire da Ordem Militar de Christo, Capellão cantor da Capella real d’Elrei D. Pedro II, Academico da Academia dos Singulares etc.-N. em Lisboa em 1634, e m. a 26 de Dezembro de 1698.-E.

982) (C) Panegyrico ao Excellentissimo Senhor D. Antonio Luis de Menezes, Marquez de Marialva… Capitão general das armas portuguezas, em a memoravel victoria de Montes Claros. Lisboa, por Antonio Craesbeeck de Mello 1665. 4.º Consta de 16 oitavas. Tenho um exemplar d’este opusculo, de que ha duas edições differentes, postoque ambas com a mesma data e eguaes indicações. A que dá visos de segunda é em paper melhor, porém mais incorrecta que a primeira.

983) (C) Pancarpia ou Capella florida, matizada e odorifera, tecida com dezoito sermões differentes. Ibi, por Miguel Deslandes 1694. 4.º de XXIV‑435 pag. São pouco vulgares estes sermões. Preço até 480 réis.

984) (C) Festas Reaes na Côrte de Lisboa no casamento dos Reís da Grã‑Bretanha Carlos e Catharina em os touros que se correram no Terreiro do Paço. Lisboa, por Domingos Carneiro 1661. 4.º‑Sahiu com os nomes de Luzandro, Aonio, e Luzindo. (V. José de Faria Manuel.)

985) (C) Quarto dia do triumpho dos animaes, escripto por Bernardo companheiro da Bandeirinha. Ibi, por Domingos Carneiro, sem data (mas é de 1661.) 4.º de 11 pag.-É em verso, assim como o antecedente. Só tenho visto um exemplar, que, possue o sr. Figaniere.

986) (C) São João Baptista, sua vida escripta por Joseph Baptista, e traduzida da lingua italiana. Ibi, por Bernardo da Costa Carvalho 1691. 16.º‑Coimbra, por José Antunes da Silva 1709. 8.º de IV‑223 pag.-Esta edição, de que Barbosa não dá noticia, e da qual tenho um exemplar, é pessima, por suas muitas incorrecções e defeitos typographicos.-Preço de 120 a 160 réis.

987) (C) Maria Magdalena peccadora, amante e penitente: Tres estados em que se incluem todos os progressos da sua vida, com a clausula da sua morte. Composta em italiano por D. Anton Julio Brugnole Sale, e traduzida em portuguez. Lisboa, por Miguel Deslandes 1695. 12.º de XXIV‑342 pag.-Barbosa e o Catalogo da Academia accusam uma edição de Lisboa, por Antonio Craesbeeck de Mello, 1670. 16.º, que me parece poder dar como averiguado que nunca existiu, ou era de obra muito mais resumida que foi depois ampliada na edição de 1695; sendo esta a que traz o priviiegio real para a impressão datado de 9 de Março do mesmo anno, e em seguida as licenças, das quaes não consta que houvesse outra antecedente. É obra não de muito valor, mas algum tanto rara, e tenho d’ella um exemplar comprado por 240 réis, postoque alguma cousa mal tractado.

Este livro foi prohibido por edital da Real Mesa Censoria de 10 de Novembro de 1768, «por não confer (dizem os censores) a vida da sancta e sim uma novella das mais licenciosas, organisada de affectos indecentes, pensamentos pueris, logos d’espirito, metaphoras, allegorias e ficções só proprias dos seculos da barbaridade e da ignorancia!».

Além de todo o referido, ha tambem do mesmo auctor nos dous volumes intitulados Academias dos Singulares algumas orações e poesias, e entre estas a Serpentomachia, conto em que se descreve a batalha da Serpe e Drago, em trinta oitavas.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]