ANTONIO JOSÉ DE SOUSA PINTO, Pharmaceutico, e Vogal do Conselho de Saude Publica do Reino em 1837.-Consta que viera para Lisboa de tenra idade, sendo natural de uma das provincias do Norte. Aqui foi educado e instruido na pharmacia por um seu tio, tambem da mesma profissão e estabelecido com botica na rua nova d’Elrei, a propria, segundo julgo, que elle depois conservou.-N. entre os annos de 1775 e 1779, e m. de apoplexia fulminante a 29 de Maio de 1853.-E.

924) Elementos de Pharmacia, Chymica e Botanica para uso dos principiantes. Lisboa, 1805. 4.º

925) Materia medica, distribuida em classes e ordens segundo seus effeitos, em que plenamente se apontam suas virtudes, doses, e molestias a que se fazem applicaveis. Ibi, na Imp. Reg. 1813. 4.º de 424 pag.

926) Memoria sobre a administração do mercurio, suas consequencias e preparações. Ibi, 1814. 4.º‑ Este escripto deu logar a uma confutação do medico José Pinheiro de Freitas Soares (V. no artigo respectivo.)

927) Vade‑mecum do Cirurgião, ou tractado de symptomas, causas, diagnosis, progresso e tractamento das molestias cirurgicas, e suas correspondentes operações. Ibi, 1815. 4.º

928) Dissertação sobre o novo systema do contra estimulo. Ibi, 1816. 4.º

929) Analyse chymica das Aguas‑ferreas do Bom Jardim, da Cabeça, da enda secca, e das Alcaçarias. Ibi, 1818. 4.º

930) Observações sobre a incerteza das analyses e reagentes, ou equivocação em que caem os que attribuem a cada reagente um caracter particular etc. Ibi, na Imp. Regia 1819. 4.º de 32 pag.

931) Ponto de vista anatomico physiologico, ou discurso compendioso, em que se dá conta da estructura do corpo humano. Ibi, na mesma Imp. 1819. 4.º de 29 pag.

932) Reflexões sobre o methodo iatraleptico, ou modo d’administrar os remedios pelo systema cutaneo. Ibi, 1819. 4.º

933) Dissertação chymico‑medica sobre as causas e effeitos das enfermidades e seu tractamento etc. Ibi, na Imp. Regia 1820. 4.º de 48 pag.

934) Apologia dialogal, visita aos visitadores e exame aos examinadores: conversação entre dous boticarios. Ibi, 1820. 4.º

935) Direcções sobre o uso da Aqua de Inglaterra, por elle composta e manipulada. Ibi, na Imp. Nacional 1822. 4.º de 31 pag.

936) Tractado sobre a Creosota e suas applicações em medicina e cirurgia. Ibi, na mesma Imp. 1838. 4.º de 56 pag.

 

[Diccionario bibliographico portuguez, tomo 1]